18 de jun de 2018

16 de jun de 2018

Casa reflexiva na Rússia

Um uso muito interessante deste material reflexivo que creio ser espelho nesta casa de 131 m2 localizada em um distrito de Moscou na Rússia.

12 de jun de 2018

Ciclovia em plástico reciclado na Holanda

Uma proposta interessante: construir estradas a partir de plástico reciclado, em menor tempo e com maior facilidade de manutenção já que são feitas a partir de módulos. Acha pouco? Os idealizadores acenam com mais vantagens: a completa reutilização do material em novos módulos e a possibilidade de dupla utilização, já que os módulos são ocos e permitem não apenas armazenar água como a colocação de tubulações e cabos.

11 de jun de 2018

Desenhar o movimento e a anatomia artística

Sempre gostei de desenhar. Quando era pequena, fazia aqueles garranchos costumeiros de casas e sóis. Depois, mais crescida, comecei a copiar (ou a tentar fazer isso) imagens de livros. Mas nunca fiz um curso de desenho ou tive à disposição nessa época livros que me ensinassem as técnicas para desenhar.

Ao receber estes dois livros, confesso que me senti desafiada. 

O primeiro sobre DESENHAR O MOVIMENTO me surpreendeu de maneira única. Um livro sobre desenho feito com uma bela expressão gráfica e explicações poéticas que mostram de forma muito direta "como fazer com que aquilo que está fixo sobre o papel tenha movimento?"   

6 de jun de 2018

Discurso de um espaço amoroso

Logo que me descobri mais gente, menos miúda, se assomou em mim uma fascinação pelo encontrar um objeto amoroso. Como toda adolescente mais ou menos romântica, me enamorei do amor. E li muito sobre ele, imaginando que absorvendo a teoria iria talvez dominar a prática. Qual o quê...há coisas que se aprende fazendo, há sentimentos que se aprimora sentindo. 

Mas foi nessa busca que a literatura traz que cheguei a um livrinho deliciosa chamado de "Fragmentos de um discurso amoroso" de Roland Barthes, onde ele disseca a comunicação do amor por partes. Tal qual o Jack inglês.  

E nesses tempos de hoje, mais experiente em anos e em práticas, me pego refletindo sobre o que os espaços onde moramos e vivemos podem nos ajudar a construir um discurso amoroso.
Gilberto Perin