Publicidade

Postagem em destaque

10 Lições que aprendi na faculdade de Arquitetura

Recebo algumas correspondências falando de como os leitores gostaram dessa ou de outra postagem aqui do blog. E sempre fico super feliz! É ...

2013/10/17

Torres de bambu levam água limpa para povos carentes

Fonte
A erradicação da miséria tem seu dia internacional reconhecido no dia 17 de outubro. Essa data é uma proposição à reflexão e à proposição de ações que levem a uma diminuição da pobreza e tragam maior dignidade a várias populações que sofrem pela desigualdade e falta de mínimas condições de higiene e vida saudável. 

No dia 17 de Outubro de 1987,
reuniram-se nesta praça numerosos defensores dos direitos humanos,
numerosos cidadãos de variados países. Eles prestaram homenagem às vítimas da fome, da ignorância e da violência. Afirmaram a sua convicção de que a miséria não é uma fatalidade. Proclamaram a sua solidariedade com aqueles que lutam no mundo inteiro para a destruírem.
Lá onde há homens condenados a viver na miséria,
aí os direitos humanos são violados.
Unir-se para os fazer respeitar é um dever sagrado."
Padre Joseph Wresinski 

A arquitetura e os arquitetos em geral são lembrados como profissionais do luxo, mas o seu papel social vai bem mais além, procurem conhecer por exemplo a ação dos Arquitetos pela Humanidade. Leiam AQUI postagens falando sobre essa ação na arquitetura e no design


Pois temos mais um bom exemplo com as torres WarkaWater, um projeto do Estúdio Architecture and Vision que está procurando levar água potável à populações carentes na Etiópia


Fonte
Fonte
A água é algo bastante raro em várias regiões do planeta, vejam AQUI um caso. Nas montanhas da Etiópia, onde a chuva é escassa esse problema é particularmente agravado. Imaginem viver sem água! Através dessas enormes torres de 9 metros, em bambu, de fácil montagem, baratas, pode-se colher a água potável através do ar! Estima-se que possam ser recolhidos de 10 a 20 litros de água por m² de malha/dia! Imaginem o que isso significa em termos de condições de vida e dignidade para essas populações. E a ideia é que os próprios moradores se apoderem do conhecimento de como faze-las, usando materiais e recursos locais. E o mais importante é que na concepção do projeto foram usadas referências da cultura local já que eles costumam se reunir abaixo de árvores chamadas Warka. Os idealizadores propõem que as torres WarkaWater tenham essa mesma relevância como local de encontro social. 
 




Leiam mais sobre esse projeto nos links abaixo:

Carta internacional do 17 de outubro- Dia mundial da erradicação da miseria

Comentários
2 Comentários

2 Opiniões:

Achei interessante!
Mas fiquei sem entender como é que estas estruturas podem absorver água através do ar!?
Beijos querida, saudades de você :)

Oi Daiane, pois o sistema é super simples. Estás estruturas captam o orvalho e o recolhem pelas tramas. Na ultima figura dá para ver as gotas na malha. Esta água é trazida para baixo para consumo. Beijos Elenara

Publicidade

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More