Publicidade

Postagem em destaque

10 Lições que aprendi na faculdade de Arquitetura

Recebo algumas correspondências falando de como os leitores gostaram dessa ou de outra postagem aqui do blog. E sempre fico super feliz! É ...

2017/04/28

Fascínio das miniaturas

Miniaturas...uma fascínio para muitos. 

Nunca me detive a respeito da origem dessa síndrome de Gulliver em Lilipute. Gulliver é um médico que naufraga (coisa comum na literatura dos séculos passados) e vai cair em uma terra onde ele é um gigante e todos são minúsculos. As situações parecem divertidas vendo as dificuldades de se adaptar aos ambientes e utensílios feitos para outra escala que não a dele. Que o digam as pessoas que fogem aos padrões considerados normais pela sociedade...Pois bem essa terra de Lilipute está envolta em uma guerra de duas facções que se digladiam e por aí vai a história que muitos devem fazer uma relação com a vida real. E era para o autor que retratou a disputa vigente na Inglaterra de sua época, entre os "whigs (liberais, que resistiam à ascensão de um rei católico) e os tories (conservadores e defensores do direito divino ao trono)".

Minúsculas peças de cozinha
Pois é, fugindo da ficção (?) e partindo para a vida real, encontramos muitos desses objetos que parecem vir de Lilipute em ofertas e em vídeos. Um que me chamou a atenção foi esse abaixo, em que é mostrado um processo singelo de fazer o café para uma minúscula xícara...



Não sei vocês, mas isso me encanta. Me lembra um tempo de mais delicadeza, onde os gestos sutis tinham mais lugar e onde se podia sonhar com mundos de quimeras e quem sabe, construir utopias.

Fonte
Não sem coincidência, que elas não existem e sim sincronias com as energias reinantes, fui escolhida pela arquitetura, essa profissão que brinca com as escalas, e onde podemos simular em maquetes, os ambientes que projetamos para a vida real. 
Fonte
 Talvez isso também explique esse meu olhar mais terno até sobre essas invenções que usam objetos do cotidiano para simular um mundo liliputiano que enxergamos como Gulliveres, em nossa ânsia de fazer um mundo todo certinho, ou pelo menos do jeito que achamos ser certo.
Fonte
 E aspiramos ter aquelas maravilhas do Design que jamais caberão em nosso orçamento na escala real, mas que podem estar em nossas estantes em sua forma mais pequeninha. E brincamos de ser "cult"
Fonte
 Brincamos de ter um mundo arrumado e organizado...
Fonte
Fonte
Um mundo talvez mais próximo ao que sonhamos quando pequenos.

E você? Curte miniaturas? Conta teus motivos para a gente!

Gostou? Compartilhe e nos siga também nas redes sociais

Twitter Flipboard Facebook Instagram Pinterest
snapchat: arqsteinleitao 

Comentários
0 Comentários

0 Opiniões:

Publicidade

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More