Publicidade

Postagem em destaque

10 Lições que aprendi na faculdade de Arquitetura

Recebo algumas correspondências falando de como os leitores gostaram dessa ou de outra postagem aqui do blog. E sempre fico super feliz! É ...

2014/11/12

Enroladinhos de berinjela - ARQUITETANDO comidas


Hoje vamos falar de outro tipo de planejamento e beleza: a gastronomia. Tá, não chega a tanto, mas hoje resolvemos fazer um prato light mais elaborado. 

Enroladinhos de berinjela. Que de light ou barato nem tem tanto assim, mas que é MUITO bom. A receita foi baseada em uma que vimos no jornal. E o meu papel foi de fornecer os ingredientes e fotografar.

Então: Pegue umas berinjelas bem gordas. As que eu comprei eram magras e esbeltas, e aprendi que para fazer rolinhos as mais gordinhas são melhores. A receita pedia quatro, nós usamos uma que era para testar. E o número de pessoas e o apetite aqui de casa não são grandes. 
Gratine as berinjelas cortadas ao comprido em uma frigideira. 
Nós usamos uma grelha. Ficou super prático. Não use tempero nenhum nessa etapa. A berinjela é grelhada para não largar água no cozimento.  
 
Amasse 100 gramas de ricota com o garfo, um pote pequeno de cream cheese (usamos requeijão cremoso light)e uma colher de chá de mel

Tempere com tomilho a gosto. Este não tem na horta, tive que comprar no super.
Manjerona ou manjericão a gosto - de preferência fresco. E aí se vê a vantagem da horta no nono andar.
Pimenta, sal. E a gente acrescentou uma pitada de curry. Fez toda a diferença.
Recheie as folhas de berinjela com essa mistura. A receita original pedia ainda tomate seco. Não comprei e ficou sem. E gostamos assim mesmo, ficou bem suave.

Em um pirex untado com azeite de oliva, coloque os enroladinhos de berinjela recheados com a pasta acima um ao lado do outro.

Leve ao forno quente a 180 graus por 10 a 15 minutos.
Para o molho use iogurte natural - usamos este feito em casa, misturado com mostarda AMARELA. Friso aqui porque eu nem notava a diferença, para mim todas as mostardas eram amarelas, mas descobri que não...

Tira o prato do forno e coloca o molho sobre os enroladinhos.
Faz uma pausa para dar ração para a gata que está se enrolando aos seus pés e miando de fome.
Depois de matar a fome da gata, sirva os rolinhos com uma boa salada de verdes e couve flor comprada fresca na feira do bairro. Complemente com arroz com cúrcuma. E seja feliz! Sem remorsos

Culinária: Lourdes Bortolozo
Fotos : Elenara Stein Leitão

Comentários
5 Comentários

5 Opiniões:

Parece delicioso, estou louca pra fazer, com variações de recheios..rs...
Elenara, não precisou "tirar o amargo" da berinjela? Estou curiosa se o processo de gratinar fez a diferença. Abraços

Nunca senti o amargo na berinjela....e olha que faço muitas receitas com ela. O gratinar fez a diferença para enxugar a berinjela e deixá-la mais seca.
Abraços

Oi Elenara, adorei a receita. Já estou com vontade de fazer. Depois te conto como ficou.
beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com

Uau Chris, que legal, tomara que gostes como nós! Obrigada pelo comentário, beijos

Olá, querida Chris
Muito boa a sua receita!!! Agradeço a partilha e nunca a fiz assim... vou experimentar!!!
Bjm fraternal

Publicidade

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More