Publicidade

Postagem em destaque

10 Lições que aprendi na faculdade de Arquitetura

Recebo algumas correspondências falando de como os leitores gostaram dessa ou de outra postagem aqui do blog. E sempre fico super feliz! É ...

2012/11/20

Dia da Consciencia Negra. E a Arquitetura?

Dia da Consciência Negra. Imaginei escrever alguma coisa sobra a influência da colonização negra na Arquitetura Brasileira, sobre algum laureado arquiteto negro ganhador de prêmios relevantes na área....mas é complicado. Eu não sou muito adepta de particularizar arquiteturas como acho maior preconceito isso de chamar de artista negro, ou latino, e separar em categorias. Mas foi a maneira que achei de tentar visualizar como estaria a situação do profissional negro no pais.

Me lembro que num tempo atrás, uns vinte anos. creio, reclamei para uma conceituada revista de arquitetura porque na capa tinham 100 maiores arquitetos no pais e só tinham umas quatro mulheres...e isso que as mulheres eram a quase a maioria quando estudei. Mas quantos negros foram meus colegas em universidade pública. UM. E era estudante de convênio....  

"Eu sou arquiteto, e na minha profissão 1,8% são negros. Quando estudei em Salvador, há mais de 30 anos, havia dois negros na minha turma. Sabe quantos entraram neste ano? 40%. É uma diferença enorme. É evidente que essa inclusão vai alterar as relações sociais, as relações econômicas e as relações políticas."
Zulu Araújo - arquiteto 

Espero que essa dificuldade seja coisa de momento e que logo possamos reparar essa lacuna. Um pais com maioria negra que foge de sua cultura, como aliás foge de sua identidade, com imensa parcela da população acreditando que o paraíso se encontra na Matriz e que aqui tudo é menor. Ninguém respeita quem não se dá ao respeito. Que bom que isso esteja mudando por aqui. 



"No Brasil, acham que lugar do negro é numa África imaginária... Quando tem alguém que presta, vira branco. Por que o Ferreira Gullar sai do alto da sua poesia e da sua erudição pra dizer que não existe literatura na África? Será que ele não sabe que a Nigéria tem um poeta que é Prêmio Nobel de Literatura (Wole Soyinka)? Será que ele não sabe? O que ele ambiciona (o Nobel), a Nigéria já tem! E aí volta: por que o Museu Afro não faz parte da mídia? Por que a mídia não celebra o Museu Afro Brasil? Porque incomoda, porque aquilo está na garganta dessa sociedade que acha que lugar de negro é na África. Que o lugar do negro é numa África imaginária, porque eles não sabem nem o que é a África.
O que se pode dizer da arquitetura de São Paulo?....
Isso vai da arquitetura de classe média até a arquitetura da alta burguesia com seus telhados de ardósia, esperando que um dia neve no Brasil, suas Place des Vosges, suas extravagâncias riquíííííííssimas, seus prédios trancados dentro de um shopping center que garante total segurança aos seus condôminos"  

Emanoel Araujo diretor do Museu Afro Brasil. 


E para quem se acha muito "purinho", não esqueçam que todo brasileiro é meio mestiço. Que a nossa Arquitetura reflita essa diversidade.  

Leia mais aqui
Enciclopedia reverencia arquitetos negros
E o negro na Arquitetura Brasileira? 
Zulu Araújo
Arquitetura sul africana Luyanda

Fonte: Terra Magazine, Ateuligente

Comentários
1 Comentários

1 Opiniões:

Parabéns pelo artigo, Excelente!

Publicidade

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More