29 de mai de 2012

Eu te dedico


Descobri esse projeto esses dias por intermédio de uma prima (na verdade filha de um primo de minha mãe) que fez aos seus pais uma homenagem nesse site: EU TE DEDICO

Os livros contam histórias em suas dedicatórias e esse site se propõem a resgata-las. Quem quiser participar enviando uma foto do imagem do livro, da dedicatória e os motivos do porque essa dedicatória ser importante é só clicar AQUI
Fui na minha biblioteca e achei esse livro que ganhei de aniversário de um colega e amigo lá pelos anos 80. E achei interessante. Uma porque reencontrei o Guto pelo Facebook, hoje avô, mas que continua com o olhar brilhante e a aparente inquietude que lhe era peculiar. E outra porque de certa forma, antes que termine tanta coisa, antes que terminem os livros escritos, antes que terminem as esperanças e a solidariedade, antes que pereçam em nós o jeito humano de ser, continuamos sempre penetras nessa festa cada dia mais alucinada.
Antes que a música termine
antes que a birita acabe
antes que o beijo aconteça
antes que a gente pereça
antes que a casa desabe
antes que descubram o crime

somos penetras
ou convidados
nessa festa alucinada
Guto/81

Ato falho....Não me sinto ainda convidada dessa festa da vida. Rsss....Enfim. Há muito a redescobrir nas dedicatórias tantas de minha biblioteca. Que ela conte também um retalho de minha história.