3 de jan de 2012

Made In China


Todos nos acostumamos a associar produtos chineses com pirataria e produtos baratos e muitas vezes de pouca qualidade. Mas é preciso um pouco de cuidado ao generalizar conceitos. Um pais com cultura milenar e riquíssima como a China é muito mais que um mero copiador de quinquilharias ocidentais. Provavelmente o seu copiar resulte em um aprendizado e superação do que fazemos em bem poucos anos ou décadas. 

Nós, ocidentais, é que deveríamos nos questionar. Gostamos de empilhar cópias do que consideramos obras primas de arte e/ou consumo. E esquecemos de olhar as condições em que são feitas, com a desculpa de que qualquer emprego é melhor do que passar fome, não importa se o tênis de marca seja feito por uma criança em um feriado. E deixamos de olhar o que a China tem de arte, de cultura, de  obras originais e fantásticas. Vejam por exemplo os trabalhos em madeira nos palácios da cidade proibida em Pequim. Azulejos e pinturas ricamente elaboradas que revelam paciência e maestria. E da próxima vez que lembrar do made in China não pense na cópia, se lembre dos originais que só eles tem.

Fonte


Fonte
Fonte
Fonte
Fonte
Cidade Proibida. Li em algum lugar que essas imagens teriam inspirado a Ópera de Sidney, um dos prédios mais emblemáticos da Arquitetura do século XX. Mas confesso que essas imagens acima e abaixo me inspiram muito mais em delicadeza e poesia. 




Fotos