Publicidade

Postagem em destaque

10 Lições que aprendi na faculdade de Arquitetura

Recebo algumas correspondências falando de como os leitores gostaram dessa ou de outra postagem aqui do blog. E sempre fico super feliz! É ...

2012/01/20

Casinha na praia









A nossa noção de privacidade tem muito a ver com o olhar do outro, mas quando esse olhar é o da natureza, essa falta de privacidade se confunde com a liberdade. Amplas áreas envidraçadas, essa casa mexicana (projeto de Elías Rizo Arquitectos em Jalisco) permite ao seu morador que interaja com o mar, com o vento, com a visão e a amplitude. Devem haver alguns problemas de ordem prática, por exemplo, manter limpos esse vidros todos, mas essa concepção de casa de praia me agrada. Um local para se estar. Um local para se abrir. Um local para contemplar.













Fonte e fotos 

Comentários
4 Comentários

4 Opiniões:

Será que entendi errado, ou a casa só se abre para oeste? Não vi nas fotos nem sinal de qualquer proteção!

Para mim sempre foi um problema conciliar a vista do pôr do sol, com o incômodo das incidências solares de baixa angulação...

Quem sabe o vidro sujo, neste caso, deixe de ser problema por oferecer algum alívio!

Bah, uma mansão destas deve ter vidros inteligentes, que se tornem opacos à tarde, ou coisa que o valha. Ou isto, ou ela só sai bem na foto de noite, e em dias nublados.

Oscar

Entendeu certo sim. Para o leste é a entrada e ela é até bem discreta, fica na planta de ingresso.
Ela tem vários sistemas inteligentes e está para alugar
http://www.domegos.com/11733/Casa+Almare
Veja aqui maiores descrições.
Beijos

Baratinho...

De 1400 a 2.300 dólares por dia, dependendo da data!

Oscar

Para usufruir de um luxo desses, até que está dentro do preço. Depois que eu vi reportagem de gente alugando casas em Jurerê (SC) por R$ 100.000,00 mês...
Me pareceu olhando no site que tem venezianas nos quartos...
Beijos

Publicidade

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More