Publicidade

Postagem em destaque

10 Lições que aprendi na faculdade de Arquitetura

Recebo algumas correspondências falando de como os leitores gostaram dessa ou de outra postagem aqui do blog. E sempre fico super feliz! É ...

2011/09/22

Dia sem carro - um hábito

Dia para se conscientizar da necessidade de diminuir o uso do transporte individual nas cidades, o 22 de setembro, deve ser acima de tudo uma reflexão das alternativas existentes. Sim porque para se deixar o carro em casa é preciso que se tenha um meio de locomoção viável e seguro, seja coletivo seja individual. Para usar as bicicletas é preciso a construção de ciclovias seguras que não rivalizem com as vias de carros e portanto não ponham em perigo a vida das pessoas. 


Porto Alegre, dentro da realidade brasileira, é uma cidade razoavelmente bem servida de transporte público, mas ainda falta muito para que as pessoas se acostumem a deixar seus carros em casa. 


Eu pessoalmente aplaudo a iniciativa, mas eu a pratico bem mais do que apenas em um dia. Se não tenho absoluta necessidade, não tiro meu carro da garagem. E uso as pernas. 

Atualizando, leio nos jornais que está tendo inicio a construção de uma ciclovia em Porto Alegre. E na rota de uma importante universidade que gera um trafego imenso em horas de pico (ou rush). Acho muito bacana. Antes tarde do que nunca. Mas devo confessar que nunca aprendi a andar de bike (ninguém é perfeito...)


As nossas politicas urbanas quase sempre tem privilegiado grandes avenidas, viadutos e o adensamento populacional. E o transporte coletivo fica em segundo plano. Talvez o que nos salve ainda seja no futuro a cura pela doença. Com tanto carro nas ruas, tem horas que já nem dá para andar neles. E estacionar então ! Em alguns locais ainda contamos com parquímetros, mas em outros é expressamente proibido estacionar para que o fluxo ande...


Soluções ? Pensar n vezes antes de tirar o carro da garagem,usa-lo de maneira racional, dar caronas, andar de ônibus, de lotação (aqueles micro ônibus que são mais confortáveis que os ônibus e que servem uma população acostumada ao carro particular). E repensar aquela história de que carro é status e tem que ser trocado a cada ano. Carro é transporte. E cada vez mais é luxo.  

Comentários
5 Comentários

5 Opiniões:

Tem dias que vamos a pe no shopping... estamos fazendo isso cada vez mais na verdade, ate por que agora o tempo deixa a gente caminhar nas ruas né.
Mas ainda nao consigo viver quase completamente sem carro.
beijos
PS: cliquei mais hoje... depois me avisa se ta dando certo.

Eu também tenho procurado ir ao Tottal aqui pertinho sem carro, e de quebra ainda passo na Gonçalo de Carvalho.
Pequenas ações como essas já ajudam. Se todos fizessem seria já uma ajuda.
Vou conferir, cada vez que passo no teu estou clicando

beijos
Elenara

Amiga,

Sou uma caminhante ativa, mas aqui em SP estou evitando ruas de tráfego intenso de automóveis depois de quase ter sido atropelada (atravessando a faixa de pedestres).

Um Lindo Dia!
Beijinhos

Tem que mudar urgente essa mentalidade voltada para o carro e educar a população para que aprendam que o pedestre sempre tem prioridade. E se possível na única forma que obedecem, no bolso.
Abraços

Eu tive que segurar o carro.Eu devia estar invisível.
E você está certa.O pessoal só vai obedecer se houver um prejuízo financeiro.O problema depois é a falta de fiscalização.

Vamos vivendo.

Abraços

Publicidade

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More